Início » Resolucoes » COMUNICADO (TOLEDO - Castilla-La Mancha - 30/04/2011)

COMUNICADO (TOLEDO - Castilla-La Mancha - 30/04/2011)

Saturday 30 Apr 2011

Le 30 Apr 2011 -

TOLEDO - Castilla-La Mancha

Por ocasião das suas XIXas jornadas organizadas em Toledo, Castilha La Mancha, no dia 29 e 30 de Abril últimos, os delegados politicos e profissionais da Assembleia das Regiões Europeias Vitícolas (AREV) debruçaram-se essencialmente na elaboração da avaliação dos efeitos da reforma da OCM-Vinho de 2008 na economia dos seus territórios.

Além do relatório, à escala das regiões vitícolas europeias, no impacto, tanto positivo como negativo, do conjunto de medidas da OCM-Vinho, que será realizado sob a proteção do seu colégio profissional, a AREV diligentou um estudo científico prospectivo sobre a supressão dos direitos de plantação junto do Instituto Agronômico Mediterrâneo de Montpellier, o qual se tinha já debruçado sobre o projeto de reforma da Comissão por conta do Parlamento Europeu em 2006. O seu administrador científico, o Pr. Etienne Montaigne, apresentou aos delegados uma abordagem metodológica que é a sua neste estudo sobre os impactos sócio-económicos e territoriais que seriam engendrados pelo desaparecimento da regulação do potencial de produção. O relatório final aguardado para Janeiro de 2012 será comunicado às três instituições europeias implicadas, ou seja, a Comissão, o Conselho e o Parlamento.

No debate sobre qual a estratégia a adoptar, o Presidente da AREV, Jean-Paul BACHY, Presidente da Região Champagne-Ardenne, mostrou-se, devido à especificidade do sector vitícola, desfavorável ao facto de ter em conta os direitos de plantação no âmbito da reforma da PAC, cujo horizonte está longe de estar clarificado.

Sem prejuízo das futuras conclusões, a Região Castilha La Mancha confirmou pela voz do seu Presidente, José Maria Barreda Fontes, que ela defendia a continuidade do regime dos direitos de plantação, juntando-se assim à concertação das outras regiões espanholas e ao conjunto das regiões membros da AREV.

Na véspera, o colégio profissional tinha por sua parte, renovado as suas instâncias dirigentes elegendo como seu Presidente o luxemburguês Aly LEONARDY, que se torna de direito 1° Vice-Presidente da AREV, assim que dois Vice-Presidentes, o italiano Ettore PONZO e o espanhol Julien MORCILLO (Castilha La Mancha).