Encontra-se aqui :Página de abertura do sítio > Résolutions > TOLEDO III (Castela-La Mancha - 15/04/1999)
TOLEDO III (Castela-La Mancha - 15/04/1999)
Traductions disponibles : [ fr ] [ de ] [ it ] [ es ] [ bg ] [ cs ] [ ro ] [ el ] [ sl ]

RESOLUÇÃO adoptada pela Sessão Plenária da AREV, o 15 de Abril de 1999 em Toledo - Espanha.


VIIème SESSION PLENIERE

Resolution

TOLEDO,

Castela-La Mancha

15 de Abril de 1999

Após ter tido conhecimento do "Plano Europeu de Acções 2000-2005 relativo ao álcool", na sua versão de 3 de Março de 1999, a AREV adoptou a seguinte posição :

A AREV põe em causa a necessidade de aplicar este Plano de Acções, uma vez que se verifíca uma diminuição do consumo médio de álcool.

Insurge-se contra o facto de, neste Plano, todas as bebidas alcoólicas estarem em pé de igualdade, na medida em que, está provado que as diferentes tradições e hábitos de consumo têm diferentes efeitos para a saúde humana e no comportamento social.

Lamenta que este Plano de acções não tenha tido em conta os efeitos benéficos para a saúde humana de um consumo moderado de vinho, o que está cientificamente provado.

Dispõe-se a apoiar as medidas que alertem os consumidores sobre os efeitos nefastos de álcool, desde que estas também façam referência aos efeitos benéficos do consumo moderado do vinho.

A AREV recusa categoricamente as Intervenções dos Estados sobre os mecanismos económicos previstos neste Plano de Acções que visem, por exemplo, a:

- aplicação de taxas suplementares sobre as bebidas alcoólicas;

- levantar dificuldades à sua colocação no mercado;

- limitar a informação e a promoção relativa ao vinho.